Edu2 0

Afinal, o que é web 2.0?

Esse vídeo pode ser um bom começo para começar a saber mais sobre a web 2.0:

O termo web 2.0 segundo Tim O'Reilly:
"(…) é a mudança para uma internet como plataforma, e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a inteligência coletiva."

Algumas diferenças entre a web 1.0 e a web 2.0

Web 1.0 (1993-2003) Web 2.0(2003- )
Leitura Modo Escrita compartilhada
Página Unidade mínima de conteúdo Mensagem Artigo Post
Estático Estado Dinâmico
Navegador Modo de visualização Navegador - Leitor de RSS Feesds
Cliente - Servidor Arquitetura Serviço Web
Webmasters Editores Todos
geeks Protagonistas Aficcionados

Tabela baseada na publicada por Aníbal de la Torre em Web educativa 2.0: volviendo a la lectura-escritura


Para Aníbal de la Torre:

"Web 2.0 es una forma de entender Internet que, con la ayuda de nuevas herramientas y tecnologías de corte informático, promueve que la organización y el flujo de información dependan del comportamiento de las personas que acceden a ella, permitiéndose a estas no sólo un acceso mucho más fácil y centralizado a los contenidos, sino su propia participación tanto en la clasificación de los mismos como en su propia construcción, mediante herramientas cada vez más fáciles e intuitivas de usar."

A apresentação abaixo, da professora Milena Jorge, explicita alguns do serviços da Web 2.0 e faz algumas comparações entre a Web 1.0 e a Web 2.0. Veja:

Essa apresentação elaborada por Carlos Caicedo, em espanhol, compara a web 1.0 e a web 2.0 e mostra as principais características e recursos da última:


web 2.0 na Educação

São quattro os aspectos fundamentais do uso da web 2.0 na educação:

  1. Acessar os conteúdos
  2. Criar conteúdos
  3. Reunir (compilar) conteúdos
  4. Conectar conteúdos

Para Pere Marquès Graells a web 2.0 permite buscar, criar, compartilhar e interagir on-line e as implicações na educação são as seguintes:

1. Constitue um espaço social horizontal e rico em fontes de informação (rede social onde o conheimento não está fechado) que supõe uma alternativa à hierarquização e unidirecionalidade dos ambiente formativos tradicionais. Implica novas regras para professores e alunos orientados para o trabalho autônomo e colaborativo, crítico e criativo, para a expressão pessoal, para investigar e compartilhar recursos, para criar conhecimento e para aprender…
2. Suas fontes de informação (ainda que nem todas confiáveis) e canais de comunicação facilitam um aprendizagem mais autônoma e permitem uma maior participação nas atividades em grupos, que freqüentemente aumentam o interesse e a motivação dos alunos.
3.Com suas aplicações de edição, professores e estudantes podem facilmente elaborar materiais de maneira individual ou em grupo, compartilhá-los e submetê-los aos comentários dos leitores.
4. Proporciona espaços on-line para o armazenamento, classificação e publicação/divulgação de textos e audiovisuais e todos podem acessá-los.
5. Facilita a realização de novas atividades de aprendizagem, de avaliação e a criação de redes de aprendizagem.
6. Se desenvolvem e se aperfeiçoam competências digitais, desde a busca e seleção de informação e o processo para converter a informação em conhecimento, até sua publicação e transmissão por diversos suportes.
7. Proporciona ambientes para o desenvolvimento de redes de escolas e professores onde se faz reflexão sobre os temas educacionais, onde há ajuda, elaboração e comapartilhamento de recursos educacionais.


Quais são esses recursos que podemos utilizar nas escolas?


Add a New Comment
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License