Organizadores Gráficos

O que são organizadores gráficos

flickr:2784636282

A aprendizagem visual é uma estratégia de ensino /aprendizagem que utiliza um conjunto de Organizadores Gráficos (técnicas visuais) para ajudar os estudantes a pensar e aprender, de forma mais efetiva, através do trabalho com idéias, conceitos, fatos e relações. Nas representações visuais, os alunos utilizam sí­mbolos que são reconhecidos de maneira rápida e fácil; empregam pouco texto para construí­-los, o que significa encontrar uma palavra especí­fica, uma frase ou de uma idéia geral; enfocam os conceitos mais importantes; se esforçam para encontrar e evidenciar as relações entre as idéias, conceitos e acontecimentos de um tema particular; e, além disso, como a mente humana armazena a informação em forma ordenada, assimilam melhor a informação nova e dela se recordam mais facilmente. Os Organizadores Gráficos (OG) foram desenvolvidos ou adaptados como uma tentativa de colocar em prática a Teoria de Aprendizagem Significativa de Ausubel já que ajudam os estudantes a processar, organizar, priorizar, reter e recordar as novas informações para poder integrá-las, de forma significativa, aos seus conhecimentos prévios. Exemplos de OG são: Mapas Conceituais, Mapas Mentais, Redes, Diagramas Causa-Efeito, Linhas do Tempo, Diagramas de Fluxo, Diagramas de Venn. É muito importante se levar em conta que a aplicação de qualquer desses OGs só será efetiva na medida em que o professor tiver claro qual deles é o que melhor se ajusta ao tema que deseja abordar. Leia mais no portal EDUTEKA"


Organizadores Gráficos na Educação:

flickr:2784585330

São recursos que podem ajudar os alunos a

  • Clarificar o pensamento: os estudantes podem visualizar como as idéias se conectam e como se pode organizar ou agrupar a informação, novos conceitos podem ser compreendidos com maior facilidade.
  • Reforçar a compreensão: os alunos mostram com suas próprias palavras o que aprenderam e isto os ajuda a absorver e interiorizar novas informações, dando-lhes a posse sobre suas próprias indéias.
  • Integrar um novo conhecimento: se os diagramas são atualizados dutante todo o processo, os alunos serão incentivados a construir sobre o conhecimento prévio e integrar o novo ao que já sabiam.
  • Identificar conceitos errados. um mapa conceitual ou uma teia mostra o que o aluno sabe e as ligações deixam claro o que eles ainda não compreenderam.

Podem ser utilizados em atividades como:

  • Ensinar os alunos a utilizarem os organizadores gráficos,
  • Ajudar os alunos a criar diagramas para a elaboração de relatórios e de projetos multimídia
  • Brainstorm (chuva de idéias) nos projetos de itrabalho
  • Ajudar os alunos a compreender e apresentar dados que tenham recolhido
  • Ajudar os alunos a ver as relações de causa e efeito, seqüências, cronogramas, cadeia de eventos
  • Planejar relatórios escritos, projetos multimídia, de trabalho
  • Integrar antigos e novos conhecimentos
  • Avaliar entendimento

Serviços Recomendados

Exploratree: diferentes organizadores gráficos. Excelente!
Gliffy: diagramas, diagramas causa-efeito, mapas mentais
bubbl.us: mapas mentais
Mindomo: mapas mentais
Mind42: mapas mentais
Thinkature


Tutoriais


Boas práticas


Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License